Como Iniciar Um Negócio De Resina Com Baixo Investimento?

Aqui você terá acesso a todas as informações exclusivas, que era compartilhada apenas com um grupo pequeno de pessoas. 

Este é um conteúdo direto ao ponto

Leia todo este conteúdo antes que saia do ar

Se você deseja iniciar no segmento de resina por hobby ou para ter um negócio lucrativo, algumas perguntas vem logo a sua mente, como:

  1. Qual é o investimento necessário?
  2. Quais as ferramentas que vou precisar?
  3. Onde compro as resinas?
  4. Entre outras muitas dúvidas

Direto da mesa de Nivaldo Teles

Aqui vou mostrar para você o caminho das pedras e como você pode iniciar HOJE seu novo negócio de sucesso, mesmo sendo total iniciante ou se já tentou outros métodos antes mas ainda não obteve resultados.

Preste bastante atenção nisto

Antes de te mostrar o segredo de Como Iniciar Um Negócio De Resina Com Baixo Investimento.

Você precisa saber o que é a resina epóxi... CONCORDA?

Então vamos lá

O QUE É RESINA EPÓXI?

A resina epóxi foi descoberta pelo Dr. Pierre Castan, em Basiléia, na Suíça, na década de 1930. Existe, portanto, há mais de 70 anos e é uma das famílias de plástico de maior sucesso.

A resina epóxi é derivada da reação química de duas substâncias derivadas do petróleo: bisfenol-a + epicloridrina. Seu estado físico pode ser alterado de um líquido de baixa viscosidade para um sólido de alto ponto de fusão, o que significa que uma grande variedade de materiais com propriedades únicas pode ser feita.

Em casa, você os encontra em latas de refrigerantes e embalagens especiais, onde são usadas como revestimento para proteger o conteúdo e manter o sabor. 

Elas também são usadas como revestimento protetor em quase tudo, como por exemplo primer automotivo, camas, móveis de escritório e hospitalar, carrinhos de supermercado e bicicletas.

A resina epóxi é amplamente utilizada em vários segmentos da indústria mundial, tais como:

  • Tintas e vernizes: revestimentos de latas e tambores/tanques/revestimentos em ambientes corrosivos, navios, barcos;

  • Adesivos/colas: na colagem de diversos substratos, como madeira/alumínio/porcelana/metais;

  • Elétrica: em transformadores para geração/medição e distribuição na fabricação de isoladores e buchas uso externo;

  • Modelação e ferramentaria: na produção de moldes e peças técnicas;

  • Construção civil: na colagem de concreto e ou borrachas de juntas de dilatação, revestimento de piso de concreto, seja pintura ou autonivelante (porcelanato líquido);

  • Compósitos de alta performance: na fabricação de laminados para energia eólica, pás, na construção de fuselagens e partes de aviões e helicópteros, na construção de barcos e catamarãs, pranchas de surf, skate, sky, bicicletas, materiais esportivos em geral.

  • Eletrônica: no encapsulamento de placas de circuito impresso;

  • Decorativos: fabricação de tampos de mesa de madeira, artesanatos em geral, revestimentos de pisos 3D monolíticos (sem juntas) como o porcelanato líquido.

APLICAÇÕES DA RESINA EPÓXI

As resinas epóxi são de particular interesse em aplicações estruturais compostas, porque fornecem:

  • Equilíbrio único de propriedades químicas e mecânicas;

  • Extrema versatilidade de processamento.

  • A resina epóxi é um produto muito importante na fabricação e no acabamento de artesanatos e móveis ou na aplicação de revestimentos, seja em um piso residencial, estabelecimento comercial ou industrial.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a resina epóxi

Saiba sobre os principais sistemas de aplicação

Basicamente existe 2 sistemas principais

  1. Sistema de aplicação por laminação
  2. Sistema de aplicação por fundição

VEJA ESSES EXEMPLOS DE SISTEMAS

Talvez você esteja pensando... Nivaldo, não intendi nada...

Calma!!! que já vou explicar... Por isso continue lendo...

SISTEMA DE LAMINAÇÃO

  • O sistema de laminação é usado para revestimento de superfície ou para decorar a superfície de um projeto. É usado fortemente para revestir e decorar quaisquer tipos de superfícies existentes como “Concreto, Cerâmica, Azulejo, Cimentício, Madeira e Muito Mais”
  • Neste sistema é utilizado resina de baixa espessura que podem variar entre 2,5 a 5mm
  • O tempo de secagem ao toque pode variar de 1 a 2 dias. 
  • O tempo de cura total pode variar entre 5 a 7 dias. Vai depender da marca da resina, do tipo de resina e das condições climáticas

SISTEMA DE FUNDIÇÃO

  • O sistema de fundição é usado para preenchimento de espaço vazio ou para fundir as partes. É usado fortemente na fabricação de bio jóias como anel, brincos, pingentes, porta copos, tábua resinada, luminária resinada, entre outros artesanatos
  • Neste sistema você pode fabricar qualquer coisa apenas utilizando a resina e moldes.
  • Neste sistema é utilizado resina de alta espessura que podem variar entre 2 a 10cm
  • O tempo de secagem ao toque pode variar de 2 a 5 dias. 
  • O tempo de cura total pode variar entre 7 a 10 dias. Vai depender da marca da resina, do tipo de resina e das condições climáticas.

A GRANDE VERDADE
QUE NINGUÉM TE CONTA

E se você deseja fabricar: anel, brincos, pingentes, porta copos, tábua resina, mesa resinada entre outros artesanatos

Você não precisa fazer cursos e mais curso de resina!

TUDO QUE VOCÊ PRECISA É INTENDER SOBRE O SISTEMA DE LAMINAÇÃO E FUNDIÇÃO

Se isto ficar gravado em sua mente com clareza, você será capaz de fabricar qualquer coisa, independente do tamanho do projeto

ANTES DE VOCÊ ME PERGUNTAR...kkk
(E AS RESINAS DE MÉDIA VISCOSIVIDADE)

Preste atenção nisto

  • Esse tipo de resina também é usado no sistema de fundição para pequenas peças como anel, brincos, pingentes, porta copos, tábua resinada, luminária resinada, entre outros artesanatos pequenos.
  • A única vantagem é que tem um processo de secagem e cura acelerada.

NÃO IRIA COMENTAR

...MAS VOCÊ PRECISA SABER...

Todos os meses… (Para não dizer toda a semana)… Surgem novas marcas de resinas no mercado Brasileiros. Isso é muito bom….

O que você precisa saber que cada marca de resina tem seus próprios padrões de desenvolvimento das resinas (Formulação Química) e aplicações

Logo não existe um padrão único entre as marcas de resina no BRASIL.

Exemplo: 

A marca de resina (x) tem a proporção de uso da sua resina entre o componente A/B, 2 partes de (Componente A – Resina) X  (1 parte B – Endirecedor). Ou seja 2/1.

A marca de resina (y) tem a proporção de uso da sua resina entre o componente A/B, 3 partes de (Componente A – Resina) X  (1 parte B – Endirecedor) Ou seja 3/1

A marca de resina (z) tem a proporção de uso da sua resina entre o componente A/B, 9 partes de (Componente A – Resina) X  (1 parte B – Endirecedor) Ou seja 9/1

INTENDA ISSO

Se você intender isso... já vai passar a frente de muitos concorrentes

Existe no mercado Brasileiro HOJE, inúmeras marcas e tipos de resina e cada tipo de resina tem as suas especificações (Formulação Química) e aplicações específicas.

O que tem que ficar claro pra você é… quando você for executar um projeto seja por laminação ou por fundição é se a resina que você vai utilizar é a ideal para esse tipo de trabalho.

SE VOCÊ É UMA PESSOA QUE PREZA POR QUALIDADE *Evite resina tipo universal*

Mas NIVALDO!! Esse conteúdo
não iria ser direto a ponto!!

SIM!!! Mais direto ao ponto que isso é impossível... hehehe

DEIXA EU FALAR SÓ MAIS UMA COISA PRA VOCÊ, antes de falar de “Como Iniciar Um Negócio De Resina Com Baixo Investimento”

O que vou te contar agora, vai te economizar muito tempo e dinheiro

O segmento de resina é um segmento super diferente de todos os outros segmentos que você já conhece…

Aqui você deve estar aberto a entrar em um segmento LUCRATIVO… Mas super fechado

Por isso se quiser seguir em frente e prosperar muito neste ramo, 

você deve ter a mente de um empreendedor, sempre aberta ao novo.

"NÃO COMETA ESSES 4 ERROS"

E se você cometer, infelizmente!! As portas vão se fechar e você e estará sozinho.

As pessoas que não prosperaram, no segmento de resina, cometem esses erros…

1º ERRO: Tentar se inserir no mercado de resina por conta própria. Este é o caminho mais longo, árduo e de gasto desnecessário para tentar descobrir o que funciona e o que não funciona…

 

 

2º ERRO: Não investir em conhecimento técnico que funciona. Pessoas dedicam seu valoroso tempo assistindo vídeo no YouTube para começar um negócio… e quando vão para a prática nada funciona de verdade. Os conteúdos gratuitos na grande maioria não são completos e isto não lhe gera resultado porque lhe falta clareza.

 

 

3º ERRO: Absorver conteúdos GRINGOS no YouTube. Saiba que as resinas que são utilizadas em outros países são bem diferentes das resinas utilizadas no Brasil

 

 

4º ERRO: Não conhecer os tipos de resinas comercializadas no Brasil. Você não precisa ser um expert em resina, mais vai precisar saber sobre as resinas específica para cada tipo de superfície e projetos.

As resinas mais comuns são: Epóxi, Cristal, Poliéster, Poliuretano e mais. Cada tipo de resina pode ter centenas de variações para usos específicos.

×